segunda-feira, 28 de março de 2011

Quando eu...

"Senhor
Quando eu tiver fome,
que haja alguém a quem eu tenha de alimentar.
Quando eu tiver sede,
que haja alguém a quem eu tenha de saciar.
Quando eu tiver frio,
que haja alguém para eu vestir.
Quando eu estiver triste,
que haja alguém para eu consolar.
Quando estiver pesada a minha cruz,
que eu ajude outro a carregar a sua.
Quando eu estiver pobre,
que haja alguém a quem eu tenha de dar esmola.
Quando eu não tiver tempo,
que haja alguém a quem eu deva entregar parte do meu.
Quando for humilhado,
que haja alguém que tenha de louvar.
Quando eu for ferido,
que haja alguém a quem tenha de curar.
Quando estiver desanimado,
que haja alguém a quem tenha de levantar.
Quando tiver necessidade de compreensão,
que haja alguém a quem tenha de dar a minha.
Quando tiver necessidade de que alguém se preocupe comigo,
que tenha eu de me preocupar com os demais."

(Madre Teresa de Calcutá)

3 comentários:

cathy disse...

e há sempre alguém, não é?

beijinho...espero que estejas bem!

Sara Amaral disse...

pois...

estou bem Cathy, vemo-nos em Avanca! =)

Beijinho

Ritinha disse...

"Quando tiver necessidade de que alguém se preocupe comigo,
que tenha eu de me preocupar com os demais."



...às vezes somos demasiado egoístas para nos lembrar-mos disso...